Seguidores

10.7.10

Moda Especial

                    Encontrei um jornal no ónibus com uma matéria muito interessante,um concurso criado pela secretaria dos DIREITOS da pessoa com DEFICIÊNCIAS de SÃO PAULO para estudantes universitarios  estilistas criar moda especiais, as pessoas com deficiência não encontram roupas adequada. As cadeirantes  não podem usar calças Jean com bolso traseiros  porque provoca feridas, os estudantes selecionados apresentaram roupas com etiquetas em BRAILLE.
                    O primeiro lugar propôs uma calça para mulheres cadeirantes, com o cós e abertura diferenciados que já  vem com um compartimento no mesmo tecido para bolsa coletora, o segundo foi um terninho feminino que não empapa na barriga para as executivas. E o terceiro uma jaqueta e uma calça com facilidades para pessoas cegas,  no Brasil só tem uma  única grife que atua nesse mercado, tomara que apareça mais.
                    Pois é! sempre  pensamos nas dificuldades para elas se locomoverem, fazer as coisas, eu  e muitas pessoas nunca pensamos nas roupas e calçados.Tem uma moça a Valeria ela e cega pega ónibus comigo e trabalha na escola que TREINA as pessoas cegas, eu  pergunto para ela como é o treinamento para eles saberem exatamente quando chega o lugar que  eles querem , depois de tudo que ela me falou, descobrir que eu  vejo,  MAS NÃO INCHERGO NADA, eu fiquei impressionada com tanta secibilidade.
              Espero que vocês gostem, eu AMEI.

                    
             
                

3 comentários:

Edna disse...

Helena também amei sua informação]sabe? que eu nunca tinha pensando nesses dificuldades...que bom que as grifes vao tomando consciência e tornando a vida dessas pessoas muito melhor....
parabens! pela sua iniciativa de ddivulgar isso.
bjs Edna

simplesmente....fascinante disse...

Olá Helena.
Achei muito legal essa informação, eu não sabia nada disso, e fico contente em saber que pessoas se preocupam com isso. Acho também que a moda é muito discriminativa, pessoas gordas também não encontram com facilidade roupas que fogem daquelas convencionais sem graça.
Um abração
marilene

olharbiju disse...

Olá amiga.
É mesmo muito util essa informação que você encontrou. Vivemos num Mundo egoista, só pensamos no nosso bem estar e esquecemos estas pessoas.
Muitas de nós lembramos estas pessoas e ficamos revoltadas com a fome, as injustiças sociais, a gerra... enfim tanta coisa.
Quem nos dera um Mundo melhor, mas os grandes senhores que têm a faca e o queijo na mão nada fazem. Fazemos nós cidadãos anónimos quando conseguimos ajudar um pouquinho na luta contra a fome e dando roupa para o frio ou calor.
Estou a dizer isto amiga, porque é o muito pouco que eu consigo
fazer.

Muito obrigada por ter colocado esta noticia.

Suas ideias continuam fantásticas.
Um grande abraço deste lado do oceano
alice